• Conheça aqui o Centro de Estudos Antonio Franco Ribeiro da Silva (CEAFRS) a estrutura e as regras para admissão no Curso de Formacão Psicanalítica.

Centro de Estudos Antonio Franco Ribeiro da Silva (CEAFRS)



O que é:
O Centro de Estudos Antonio Franco Ribeiro da Silva (CEAFRS) constitui o órgão do Círculo Brasileiro de Psicanálise - Seção Rio de Janeiro que tem por finalidade ordenar o espaço de compromisso com a transmissão da Psicanálise e a da Formação de Psicanalistas.

Quem coordena:
A Comissão Científica e de Formação Permanente do CBP-RJ coordena as atividades do CEAFRS.

Quem são os professores:
De acordo com o Estatuto do CBP-RJ os Professores do CEAFRS e do Curso de Formação Psicanalítica devem prioritariamente ser Sócios Efetivos, especialmente nos seminários que se referem ao texto freudiano.

No caso de seminários ou cursos especializados a Comissão Científica e de Formação Permanente pode convidar Professores externos ao quadro de Sócios Efetivos do CBP-RJ, desde que possuam Formação Psicanalítica ou titulação acadêmica de Mestre ou Doutor, sempre através de instituições legalmente reconhecidas.

Cursos oferecidos:
Curso de Formação Psicanalítica
Curso Teórico de Psicanálise
Cursos do Fórum do Centro de Estudos

Admissão aos cursos de Formacão Psicanalítica e Teórico de Psicanálise



Pré-Requisitos

1- Preferencialmente ter experiência de Análise Individual
Estar em análise ou ter realizado análise individual com psicanalista pertencente ou formado por sociedade psicanalítica reconhecida pelo CBP-RJ.

A Comissão Científica e de Formação Permanente a priori aceita candidatos cujos psicanalistas pertençam como membros efetivos ou equivalente, ou comprovem terem realizado formação psicanalítica completa, em sociedades psicanalíticas que sejam signatárias do Movimento de Articulação das Entidades Psicanalíticas ou que tenham sida aprovadas em Assembleia Geral do CBP-RJ.

2 – Diploma de Curso Superior
Apresentar comprovação de Curso Superior, com duração mínima de quatro anos e diploma devidamente reconhecido pelo MEC, cuja categoria esteja aceita como profissão a nível nacional e já ser devidamente regulamentada.

3- Documentação a ser entregue na Secretaria do CBP-RJ
A secretaria do CBP-RJ fornecerá a lista de documentos necessários para a inscrição.



Curso de Formacão Psicanalítica



I - Disciplinas
Oito semestres em seminários semanais com 16 seminários semestrais para cada disciplina. Em cada semestre são ministradas 2 ou 3 disciplinas, totalizando 21 disciplinas até o final do quarto ano. Ao final de cada semestre o aluno deverá apresentar um trabalho relativo à uma das disciplinas ministradas.
Veja a grade do curso de Formação Psicanalítica ao lado.

II - Análise individual
O aluno deverá estar em processo de análise individual, com terapeuta reconhecido de acordo com o que foi mencionado no item 1 de Pré-Requisitos, durante todo o curso. É necessária comprovação semestral assinada pelo Psicanalista.

III - Prática clínica
A partir do terceiro ano o aluno deverá ser autorizado pela Comissão Científica e de Formação Permanente a iniciar a parte clínica. Supervisões clínicas:
1 - Duas supervisões individuais com Psicanalistas do CBP-RJ, com uma duração mínima de 45 sessões cada, e que não podem ser feitas concomitantemente.
2 - Freqüência na supervisão de casos do Centro de Atendimento Psicanalítico (CAP), com um mínimo de 18 sessões.

IV - Participação em atividades
Desde o início da Formação o aluno deverá participar em atividades como: palestras, jornadas científicas, eventos e cursos do Fórum, congressos e simpósios. Há uma tabela de pontuação para todas as formas de participação.

V - Monografia de conclusão Após o término das Disciplinas e da Prática Clínica, deverá ser apresentada uma Monografia de Conclusão, sobre tema psicanalítico de livre escolha do candidato. A Monografia terá como Orientador um Psicanalista do CBP-RJ e será a ser avaliada por dois outros Psicanalistas do CBP-RJ.

VI - Candidatura ao Círculo Brasileiro de Psicanálise - Seção Rio de Janeiro e obtenção ao título de Psicanalista
Após a conclusão de todos os itens acima, o aluno do Centro de Estudos Antonio Franco Ribeiro da Silva estará habilitado a apresentar sua candidatura ao Círculo Brasileiro de Psicanálise - Seção Rio de Janeiro. A candidatura será votada em Assembléia Geral que concederá os títulos de Psicanalista e de Sócio Efetivo do CBP-RJ.

Curso Teórico de Psicanálise

OBJETIVO
Aprofundar de modo sistemático o conhecimento sobre a Psicanálise para profissionais de todas as áreas.

DISCIPLINAS E MONOGRAFIA DE CONCLUSÃO
O Curso Teórico de Psicanálise compõe-se das mesmas Disciplinas do Curso de Formação Psicanalítica e de igual forma de avaliação semestral, sendo ministrado conjuntamente com o Curso de Formação Psicanalítica.

Quando da conclusão de todas as disciplinas, será apresentada uma Monografia de Conclusão de Curso, nos moldes iguais a Monografia de Conclusão da Formação Psicanalítica.

A conclusão do Curso Teórico de Psicanálise será efetivada por Certificado emitido pelo CBP-RJ.

O Curso Teórico de Psicanálise não habilita à candidatura ao CBP-RJ e ao título de Psicanalista.

PROGRAMA DO CURSO DE FORMAÇÃO PSICANALÍTICA

ESTUDO DE FREUD I
Primeira Formulação Pré Psicanalítica

  • Introdução à psicanálise
  • Casos Clínicos (4 Casos de Freud) (1893/95)
  • O Mecanismo Psíquico dos Fenômenos Histéricos (1893)
  • A Etiologia da Histeria (1896)
  • As Neuropsicoses de Defesa (1894)
  • Novas Observações Sobre as Neuropsicoses de Defesa (1896)
    Psicoterapia da Histeria (1893)

ESTUDO DE FREUD II
O Inconsciente – 1ª Tópica

  • A Interpretação dos Sonhos (1900) Cap. VI e VII
  • Suplemento Metapsicológico à Teoria dos Sonhos (1914)
  • Os sonhos no folclore (1911)

ESTUDO DE FREUD III
Primeira Formulação Pré Psicanalítica

  • O Projeto de uma Psicologia Científica (1895)

TUDO DE FREUD IV
Sexualidade – 1ª Tópica

  • Três ensaios sobre a Teoria da Sexualidade (1905)
  • Um tipo especial de escolha de objeto feita pelos Homens (1910)
  • Teorias sexuais infantis (1907)

INTRODUÇÃO À CLÍNICA

Programa e Bibliografia especificados à parte

ESTUDO DE FREUD V

  • Totem e Tabu (1913)
  • Atos obsessivos e práticas religiosas (1907)
  • Manuscrito perdido (1914/15)

PSICANÁLISE COM CRIANÇA I

PEQUENO HANS
Programa e Bibliografia detalhados a parte

ESTUDO DE FREUD VI
Primeira Teoria das Pulsões

  • Introdução ao Narcisismo (1914)
  • Luto e Melancolia (1915/17)
  • A Pulsão e seus destinos (1915)

ESTUDO DE FREUD VII

  • A Repressão (1915)
  • O Inconsciente (1915)
  • A Teoria da Representação

CASOS CLÍNICOS

DORA (1905)
O Homem dos Ratos (1909)

PSICOPATOLOGIA DAS NEUROSES

  • A Dinâmica da Transferência (1912)
  • Teoria Geral das Neuroses (1916/1917)
  • Outros especificados à parte

ESTUDO DE FREUD VIII
O Complexo de Édipo

  • Cartas à Fliess N.º 69, 70 e 71 (1892/99)
  • A Organização Genital Infantil (1923)
  • A Dissolução do Complexo de Édipo (1924)
  • Algumas Consequências Psíquicas da diferença Sexual Anatômica (1925)
  • Teorias sexuais Infantis ( 1907)
  • Sexualidade Feminina (1931)

ESTUDO DE FREUD IX
Segunda Teoria da Pulsão – 2ª Tópica

  • Além do Princípio do Prazer (1920)
  • O Ego e o Id (1923)
  • O Problema Econômico do Masoquismo (1924)

TEORIA DA TÉCNICA

Todos os artigos sobre técnica
Construções em análise (1937)

PSICANÁLISE DA CRIANÇA II

Programa e Bibliografia detalhados à parte

CASOS CLÍNICOS

SCHREBER(1911/1912)
O Homem dos Lobos (1914/1918)

PSICOPATOLOGIA DAS PSICOSES

  • A Negação (1925)
  • Neurose e Psicose (1923/24)
  • A Perda da Realidade na Neurose e Psicoses (1924)
  • E outros

ESTUDO DE FREUD X

Inibição, Sintoma e Angústia (1925/26)

SEXUALIDADES

  • Leonardo da Vinci e uma lembrança da sua infância (1910)
  • A psicogênese de um caso de homossexualismo numa mulher (1920)
  • Feminilidade (1933)
  • E outros

PSICOPATOLOGIA DAS PERVERSÕES

  • Fetichismo (1927)
  • Cisão do Ego no processo de defesa (1938/40)
  • Batem numa criança (1919)

ESTUDO DE FREUD XI
A Psicanálise e o Social

  • Psicologia de grupo a análise do Ego (1921)
  • O futuro de uma ilusão (1927)
  • O mal-estar na Civilização (1929/1930)

PSICOPATOLOGIAS DA CONTEMPORANEIDADE

  • Estados Limites, Adicções, Transtornos Narcísicos e Depressão não neurótica

ESTUDO DE FREUD XII
Ultimas Contribuições Teóricas

  • Análise terminável e interminável (1937)
  • Esboço de Psicanalise (1940)

INSTRUÇÕES PARA INSCRIÇÃO NA FORMAÇÃO PSICANALÍTICA DO CÍRCULO BRASILEIRO DE PSICANÁLISE



Trazer:

1 - declaração de seu analista, especificando a data em que foi aceito em análise, quantas vezes por semana está sendo atendido e a que Instituição Psicanalítica pertence o seu analista.

O candidato deve estar em análise individual comprovada periodicamente.

2 – cópia e original ou cópia autenticada do certificado de conclusão de um Curso de nível superior, este curso deverá estar reconhecido pelo MEC. Caso o curso tenha sido feito no exterior o seu diploma deverá estar revalidado no Brasil.

3 - cópia de certificados de cursos de pós-graduação lato sensu, stricto sensu: especialização, mestrado, doutorado.

4 - cópia de carteira de identidade.

5 - Curriculum Vitae.

6 - uma foto 3x4.

- Preencher ficha de inscrição na secretaria.
- Pagar taxa de inscrição, no valor de R$ 100,00.
- Submeter-se a três entrevistas de seleção.

Observação: A taxa de Inscrição destina-se ao pagamento da Seleção e não será devolvida ao candidato, mesmo que ele não seja aprovado.

O candidato receberá cópias do Estatuto e Regimento Interno do CBP-RJ, Regulamento Interno do CEAFRS, Programa do Curso de Formação e Sistema de Valoração.